Algumas notas sobre as peculiariedades da língua japonesa. Penso muitas vezes que aprender japonês me levou a ver o mundo com outros olhos. Quero partilhar aqui um pouco da minha experiência com o meu amado nihongo.

28
Jan 10

Imaginem uma festa onde chamamos, por exemplo, pelo João.  Se estiverem vários "Joãos" na sala é natural que alguns deles tenham dúvidas se foram ou não chamados e façam aquela interrogativa muda apontando para o seu peito como quem pergunta: "Eu?".  

 

Em idênticas circunstâncias um japonês apontará para o seu próprio nariz (por vezes tocam mesmo com o indicador na ponta do nariz) e não para o seu peito, o que não pude deixar  de achar estranhíssimo das primeiras vezes que testemunhei tal linguagem gestual.

 

Um belo dia, ao estudar a etimologia do carcater

 

(JI, SHI, mizukara)

 

que siginifica "si próprio [mesmo]; self" fez-se luz. Escrevia o autor que este caracter representa o nariz, a parte mais protuberante e talvez característica do rosto que assim representa o indivíduo.  Para entender como este caracter representa um nariz é necessário ver as suas formas mais antigas que infelizmente não encontro nas fontes correntes.


De qualquer modo, entendi então finalmente porque é que, em linguagem corporal,  um japonês aponta para o seu nariz quando se refere a si próprio.  Está a apontar para a parte da sua anatomia que representa a sua pessoa.


O nariz volumoso e protuberante do caucasiano é extremamente apreciada pelos japoneses que tecem rasgados elogios dizendo "hana ga takai" (o nariz é protuberante).  Infelizmente os alvos destas manifestações de apreço frequentemente não as apreciam pois ora sentem que lhes estão achamar "narigudos" ou, ainda pior, orgulhosos pois confundem o elogio com a expressão homófona "hana ga takai" (lit. nariz alto) que significa "nariz empinado; orgulhoso; ufano".


Enfim, uma confusão de narizes :-)


publicado por Jaime Lebre às 00:34

24
Jan 10

A palavra  "hara" (ventre, abdómen, entranhas, estômago, barriga) aparece em várias expressões idiomáticas que nos poderão parecer estranhas ou difíceis de interpretar se não tivermos presente que "hara" também quer dizer "coração; mente".

 

Um dia o meu mestre de kendo (esgrima tradicional japonesa) dizia, batendo fortemente com a palma da mão no ventre, que o kendo faz-se com o "kokoro" (corção).  Este gesto surpreendeu-me pois para mim o coração era algo que estava localizado no peito e não no ventre.  Ninguém leva a mão à barriga quando diz "é um homem de muito bom coração" :-)

 

Mas de facto, na língua japonesa "kokoro" (coração) está frequentemente associada a "coração" quando se fala de sentimentos e a palavra "hara" (ventre) quando se fala de ânimo, coragem. Vejamos algumas expressões idiomáticas que reflectem isto mesmo:

 

CÓLERA - Primeiramente este "hara" tanto se levanta como se senta.  Quando se levanta temos o caldo entornado mas se se sentar então estamos numa boa :-)

 

腹が立つ "Hara ga tatsu" (lit. o hara levanta-se) e significa ficar encolerizado.  そう言われて腹がたったよ。(sou iwarete hara ga tatta yo.) quererá dizer algo como "Quando mo disseram subiu-me o sangue à cabeça." Também se usa "hara" com a forma transitiva "tateru" do verbo "tatsu" como por exemplo: 僕に腹を立てないでよ (Boku ni hara wo tatenaide yo.) "Não te zangues comigo".

 

腹が据わる "Hara ga suwaru" (lit. o hara senta-se) significa exactamente o contrário: ficar calmo, resoluto, indiferente ao destino.  Também se usa 腹を据える "hara wo sueru" com "suero", a forma transitiva do verbo "suwaru". 腹が据わりかねる "Hara ga suwarikaneru" (lit. o hara não consegue sentar-se) é uma variante deste idioma que exprime indignação, como por exemplo em あんな事を見て腹が据わりかねるよ "anna koto wo mite hara ga suwarikaneru yo." ao ver uma coisa daquelas é impossível ficar indiferente [não ficar zangado].

 

MÁ ÍNDOLE - 腹が黒い "hara ga kuroi" ou 腹黒い "haraguroi" significam literalmente que "o hara é preto" e referem (uma pessoa de) má índole.

 

GENEROSIDADE - Um "ventre gordo" está associado a generosidade.  Tanto 腹が太い "hara ga futoi" como 太っ腹 "futoppara" significam "generoso; magnânimo".

 

RESOLUÇÃO - Tanto 腹を固める "hara wo katemeru" (lit. consolidar o hara) como 腹を決める "hara wo kimeru" (lit. resolver o hara) significam "tomar uma resolução; decidir-se".

 

INTENÇÃO - 腹を探る "hara wo saguro" (lit. pesquisar o hara) significa inquirir as verdadeiras intenções de outra pessoa. Também 腹を読む "hara wo yomu" (lit. ler o hara) sgnifica o que nós dizemos "ler a intenção (de alguém)".

 

SINCERIDADE - 腹を割る "hara wo waru" (lit. rasgar o hara) refere sinceridade. 腹を割って話す "hara wo watte hanasu" (lit. falar de ventre rasgado) será o que dizemos "falar com o coração na boca".

 

Mas lá como cá, os japoneses também se agarram à barriga quando riem a bandeiras despregadas.  腹を抱える "Hara wo kakaeru" (lit. abraçar-se ao hara) 腹を捩る "hara wo yojiru" (lit. espremer o hara) significam ambos dar grandes gargalhadas.

 

Mas também quando se trata de encher a barriga também é o "hara" que é chamado à berlinda".  腹が膨れる "Hara ga fukureru" (lit. a barriga ficar inchada) significa ficar cheiinho que nem um odre.  Afinal, por muito "coração" que seja ou não o "hara" não deixa de ser barriga ;-)

 

publicado por Jaime Lebre às 23:24

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
22

25
26
27
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
2010

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO